Minhocão exibe 42 murais ao longo de sua extensão e se transforma em museu a céu aberto

Minhocão se transforma em galeria de arte a céu aberto e traz diversas pinturas e murais

Elevado Presidente João Goulart.

Muita gente não sabe, mas o popularmente conhecido Minhocão, nomeado anteriormente Elevado Presidente Costa e Silva, como o próprio nome diz, uma via expressa elevada em São Paulo que liga a região da Praça Roosevelt, no centro, ao Largo Padre Péricles, na Barra Funda, possui anos de polêmicas.

Com seus 3,4 km de extensão, o Minhocão foi construído com o intuito de desafogar o trânsito da cidade. A solução foi criar a via paralela para que a capacidade de tráfego fosse duplicada. Inaugurado em 1971, porém, desde que começou a ser construído, o Minhocão gerou desconforto e reclamações. Para diminuir seu impacto negativo, desde 1976 começou a ser interditado na noite de segunda a sábado, com fechamento total aos domingos.

Vista do Minhocão

Mas mesmo que milhares de pessoas o utilizassem todos os dias, o Minhocão era apenas um caminho. Sem nada que atraísse a população, ou que interagisse com seus entornos, na época, o espaço morto era um local no qual os cidadãos não desejavam permanecer ali mais do que o necessário.

UMA BREVE HISTÓRIA DA ARTE NO MINHOCÃO

Mesmo com todas as controvérsias, em 1971, o artista Flávio Motta realizou uma série de pinturas de painéis nos pilares, criando-os no sentido leste-oeste com a aplicação de formas geométricas. Vistos a partir dos carros em movimento, as formas pareciam uma sequência cinematográfica. Segundo o artista, o objetivo era tornar a cidade um campo de relacionamento urbano mais amplo e trazer um pouco de humanidade para o gigante de concreto.

Porém, mesmo com algumas intervenções e atividades na época, a possibilidade da demolição sempre era levantada de forma aprofundada. Em 1998, o Minhocão recebeu novas intervenções artísticas. O projeto, batizado de “Elevado à Arte”, foi criado pela Funarte, organização ligada ao Ministério da Cultura, e ganhou pinturas de Maurício Nogueira Lima e Sônia von Brüsky às laterais da estrutura. 

CRIAÇÃO DO PARQUE MINHOCÃO

Em julho de 2014, foi aprovado um novo plano da cidade de São Paulo, prevendo de vez a demolição do elevado ou a transformação do local em um parque ou jardim suspenso. Mas foi apenas em 2015 que seu uso como área de lazer se intensificou.

Em 2017, o incrível urbanista Jaime Lerner fez a doação de um projeto para a prefeitura da cidade com a proposta do Parque Minhocão. Em 2018, com a criação da Lei do Parque do Minhocão, o elevado passou a ser fechado na noite de sexta-feira até a manhã de segunda feira novamente.

O novo projeto urbano foi posto em prática. A população aproveitava quaisquer frestas que permitiam um respiro de vida na metrópole, ainda que nesse caso isso signifique um local cercado de concreto por três lados. Tudo parecia certo, mas a Justiça suspendeu a lei argumentando que era institucional. A suspensão durou até outubro, quando o TJ-SP derrubou a liminar e abriu caminho novamente para a construção do Parque Minhocão.

O Minhocão é um símbolo da arte urbana de São Paulo e tem alguns dos murais mais fotografados nas redes sociais

MINHOCÃO HOJE

Depois de 20 meses suspenso por conta da pandemia do Covid-19, atualmente, o Minhocão está reaberto durante a semana das 20 às 22 horas e sábados, domingos e feriados das 7 às 22hrs. A Prefeitura de São Paulo instalou novas estações de descanso, com bancos e tablados, para os frequentadores, além dos espaços de convívio previstos.

Sem carros, o local com certeza adquire uma beleza dramática. Por isso, após a reabertura com a flexibilização da pandemia, caminhar pelo Minhocão novamente é como percorrer uma instalação de arte. Isto porque recentemente a obra de concreto completou meio século de existência, mas com uma novidade: se transformou em um corredor de arte urbana, coloriu a região e está nos possibilitando ver o elevado com outros olhos. 

42 PINTURAS, UMA GALERIA DE ARTE AO AR LIVRE

Os prédios que já existiam ao longo do trajeto, antes da construção, passaram a abrigar imensas obras de arte urbana. Os trabalhos foram feitos nas paredes laterais. São murais quase da mesma altura dos edifícios.  

Agora, todo mundo que passa de carro pode apreciar 42 pinturas como se estivesse em um museu aberto. São murais e empenas multicoloridas, assinados por artistas como Kobra, OSGEMEOS, Crânio, Felipe Morozini, Criola, @nosartivistas, Tek e Sapatintas.

O QUE FAZER NO MINHOCÃO?

Que tal apreciar a arte urbana do elevado, fazer um tour pelos grafites e murais espalhados? Além disso, algumas sugestões de atividades no local, para apreciar todos os painéis e o espaço com muitas cores:

  • Caminhar, correr em dias de sol;
  • Andar de bicicleta, patinete, skate ou patins;
  • Dar uma olhada nas lojinhas informais pelo caminho;
  • Levar os cachorros para passear;
  • Treinar o seu olhar fotográfico com o cenário envolta;
  • Repare na geografia da cidade e na arquitetura única do local;
  • Apreciar os jardins verticais que o Minhocão tem pelo caminho;
  • Observar a arquitetura da cidade;
  • Tomar uma água de coco geladinha;
  • Marcar como ponto de encontro com amigos;
  • Sair do Minhocão e dar uma passadinha pela El Cabriton!

ACESSO:

Como chegar no Minhocão?

  • Metrô: Estações Marechal Deodoro e Santa Cecília (Linha 3 – Vermelha) e Higienópolis-Mackenzie (Linha 4 – Amarela)
  • Ônibus: Terminal Santa Cecília ou que passa pelas Avenidas São João, General Olímpio da Silveira (embaixo do Minhocão) e Av. Consolação
  • Carro: é possível ver os grafites passando pelo próprio Minhocão ou então estacionar próximo às entradas da Av. Francisco Matarazzo, Av. Angélica ou Av. Consolação

Próximo dali, você também encontra a nossa loja, El Cabriton, a 10 minutinhos de caminhada! Venha nos visitar!

Acompanhe no Instagram @parque_minhocao.

Imagens: Guia Negro (capa) / Unsplash / Parque Minhocão

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s