Conheça a arte bem-humorada, sarcástica, concisa e espontânea de Not Cool Bro 

“Feliz é aquele que não tem terror, não tem caô”. Com humor ácido, Not Cool Bro aborda em suas ilustras questões cotidianas e reflexões cômicas sobre a vida dos jovens adultos

Desde criança, a ilustração sempre foi um tema muito presente em sua vida. Quando adolescente, acabou escolhendo como profissão um caminho mais artístico. Foi assim que Gabriel Muniz se tornou diretor de arte, designer e ilustrador.

Um belo dia, na firma em que trabalha, combinou com um amigo de almoçar; ele não pode ir, e para passar o tempo, Gabriel resolveu desenhar. Ele então começou a compilar os desenhos e tirinhas que fazia em um perfil do Instagram, que chamou de Not Cool Bro.

A ORIGINALIDADE DE NOT COOL BRO

Em entrevista ao ElCabriton, Gabriel conta que o Not Cool Bro surgiu naturalmente, pois para ele, “sempre foi mais fácil desenhar os descontentamentos da vida”. Muita gente acabou compartilhando seus pensamentos ilustrados, e despretensiosamente, ele continuou a desenhar, a postar nas redes sociais, até os amigos espalharem a palavra e a ideia acabar indo longe.

Suas inspirações vieram primeiramente de seu trabalho como diretor de arte, do início do “ignorant style”, e após um tempo das texturas e pinturas que descobria no dia a dia a lidar com estampas.

O chamado “ignorant style” é um estilo que carrega charges, desenhos engraçados ou trashs, inusitados e um humor seco/ácido. Os traços geralmente são grossos (bold), e as letras são desordenadas, parecido a um desenho infantil. Mas neste caso, a “ignorância” no nome é bem menos sobre a “falta de conhecimento” e mais sobre ser “irônico”, ao design simples, como se fosse um esboço.

Com o tempo vieram as parcerias. Com o Selo Coletivo são impressões fine-art do Not Cool Bro e com a ElCabriton ilustra sua arte em camisetas, bolsas e chaveiros. Gabriel brinca que “Nunca desenhos tão ruins foram impressos com uma qualidade tão boa”.

Na internet, os que mais fazem sucesso são sempre os trabalhos em que coloca alguma mensagem bem simples. Sobre os aprendizados ao expor principalmente seus desenhos na web, ele conta: “Cansei de achar algum sentido (risos) – muitos viralizam da forma mais besta possível e outros por mensagens mais complexas. É sempre uma loucura, mas fico muito feliz em saber que tem gente que aprecia até mesmo os desenhos que não gosto tanto (sabe-se lá por que)“, finaliza.

A PARCERIA NOT COOL BRO X ELCABRITON

Se pudéssemos escolher duas das estampas de Muniz que são um sucesso na loja, com certeza falaríamos sobre o cachorro do “No Puedo Estoy Gordito“, além da Monalisa “Não tenho 1 conto“.

Para ele, é muito interessante ver as pessoas pelas ruas “usando” suas ilustras; e a parceria com ElCabriton mostra as diversas possibilidades que existem para compartilhar arte.

HUMOR ÁCIDO E QUESTIONAMENTOS

Está bastante claro que o humor é bem presente no dia a dia do artista, uma característica que também o serve. O humor normalmente encontra dificuldade em ser aceito na criação artística, muitas vezes a mensagem não é levada a sério. Mas o Not Cool Bro desperta questionamentos, desafia os sentidos e sugere críticas.

Isso é um dos grandes diferenciais em trabalho que cada vez mais se apresenta único. Quando questionado sobre qual os seus próximos passos, Gabriel Muniz responde: “Nunca sei, prefiro não planejar nada, só ir fazendo hahahah”.

De qualquer forma, se não rirmos dessa vida, não faremos depois! E por que não fazê-lo também na arte? Saiba mais sobre o Not Cool Bro e o acompanhe aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s