Projeto 54 – 13ª edição: Inspirações dos artistas para Carta 8

A popularidade dos baralhos sempre teve muito a ver com a grande quantidade de jogos existentes – truco, tranca, buraco, paciência, copas, pôquer e por aí vai – além de sua facilidade de transporte. Quem nunca foi salvo pelas cartas em um dia chuvoso ou nas férias? O baralho aproxima e diverte as pessoas, mas já criou rivalidades no passado e esconde curiosidades em sua história.

As cartas de baralho, além de serem um passatempo, já tiveram outros usos cheios de simbologia. Por exemplo, em 1793, durante a Revolução Francesa, quando havia pouco papel moeda, elas foram utilizadas para a impressão de novas notas.

Entre o século 18 e início do século 19, as cartas de baralho também ajudavam a identificar crianças deixadas em hospitais e orfanatos. As mães, ao entregá-las, criaram o costume de colocar um pequeno objeto junto do bebê, como meio de identificação. Quando tinham melhores condições financeiras e sociais, retornavam aos orfanatos na esperança que um dia pudessem recuperar seus filhos.

Às de OuroCarta deixada junto a uma criança em sua admissão no Hospital Foundling, Londres, 1756. Imagem: Foundling Museum

Ainda bem que anos depois, os jogos estão aqui para espalhar arte e inspiração! Hoje você conhece os artistas responsáveis pela Carta 8 da 13ª edição do #Projeto54.

CARTA 8 – INSPIRAÇÕES 13ª EDIÇÃO / PROJETO 54

O Projeto 54 traz uma variedade infinita de estilos e artes. Além disso, cada carta foi criada por um dos +700 artistas diferentes. Por aqui, já rolou entrevista sobre a identidade visual da 13ª ediçãoAsesCarta 2Carta 3Carta 4Carta 5, Carta 6 e Carta 7.

Agora, é hora de Mesembria Design, Brunna Mancuso, Paula Villar e Lola Nankin.

MESEMBRIA DESIGN

A Mesembria surgiu em 2014 como resultado dos processos de trabalho do designer Marcell Boareto. Graduado em Design de Móveis, os produtos desenvolvidos tem alma no design e na marcenaria, para trazer aos espaços novas possibilidades e soluções.

Marcell é o responsável por todo o processo. Seu trabalho tem como inspiração principalmente o design pós-moderno, a música e as artes gráficas.

Com foco no smart design, suas peças se encaixam sem a necessidade de dispositivos de fixação. Ele, claro, também não deixa de lado as criações funcionais e sob medida.

Os desenhos de seus produtos são feitos à mão e atualizados posteriormente no Autocad, para a criação em CNC (computer numerical control).

Ao ser convidado para ilustrar a carta para a El Cabriton, Marcell a desenvolveu baseando-se na referência de suas peças existentes. Adaptou o gancho de parede ‘Alce com alga em terça-feira nublada’, um de seus ‘Bichos Feios’, ao projeto gráfico do baralho. Como um dos detalhes do Alce é a alga na cabeça, uniu o formato ao do naipe (8 de Paus) da carta, que acredita ser bastante similar.

O baralho está sendo claramente utilizado para jogar. Ele também presenteou a mãe e alguns amigos com o deck. “Valorizo muito o Projeto 54 e espero que novas edições aconteçam!”, finaliza.

BRUNNA MANCUSO

Artista de São Paulo e graduada em Artes Visuais, Brunna Mancuso atua como designer e ilustradora desde 2006. Suas criações tem como tema principal o corpo feminino e seus diversos desdobramentos estéticos. Assim, Brunna transita entre tatuagens, gravuras e técnicas de desenho e pintura – seu amor maior.

Ela conta que está sempre em busca do equilíbrio; tem natureza é multidisciplinar e isso faz parte de seu processo criativo. Brunna vive os dias entre cuidar de seus pets (o que inclui muitas plantas, naturalmente), muito café e desenhos que celebram a singularidade feminina.

O universo feminino reflete diariamente em seu trabalho. Suas criações expressam formas e curvas e incentivam as mulheres a se sentirem confortáveis com os próprios corpos.

PAULA VILLAR

Paula Villar é carioca, formada em psicologia, mas atua como ilustradora/chargista. Para o 8 de Espadas, a artista teve como grande inspiração a música “Ciranda da Rosa Vermelha” de Alceu Valença; o trecho em que diz “Quando tu voas pra beijar as outras flores / Eu sinto dores, um ciúme e um calor”.

A ideia que criou para a carta já era antiga: ela sempre quis unir a simbologia da letra com desenho de olhos, tema que sempre gostou de explorar. “Na escola, durante as aulas, eu sempre ficava desenhando olhos. Foi aí que resolvi juntar os elementos e botar alguns olhos cercando o beija-flor. Acho interessante dar características humanas para a natureza e vice-versa”.

Processo de criação da carta 8 de Espadas, por Paula Villar.

A ilustradora diz que ouvir música enquanto cria algo a inspira muito. “A música faz a gente entrar em um outro estado, é incrível mesmo. Aí quando duas artes se encontram, no caso o desenho e a música, tudo fica em estado contemplativo. A melodia e a letra de ‘Ciranda da Rosa Vermelha’ do Alceu Valença é realmente bonita, foi o que me levou ao resultado da carta”.

Para Paula, cada carta do baralho da El Cabriton por si só já é uma obra de arte. A sua, já está na estante posicionada como um quadro e embelezando a casa. 

LOLA NANKIN

Lola é ilustradora e designer. Argentina, mora no Brasil há 18 anos. Estudou design gráfico e design de moda, fez diversos cursos, alguns relacionados com a arte, outros não. Independente disto, a ilustração sempre foi algo muito presente em sua vida.

“Sempre desenhei o tempo inteiro, era algo em que eu fazia muito na escola, durante – e entre as aulas. Quando a carreira de ilustração chegou ao meu ouvido, pulei para a área de cabeça e nunca mais parei”, comenta.

Assim como Brunna, em seus trabalhos, Lola traz como principal inspiração as mulheres. Para a carta, sua referência foi o sagrado feminino. “Nós mulheres somos fortes e midiáticas ao mesmo tempo”.

Sobre o projeto da El Cabriton, Lola finaliza: “Me chama muito a atenção como um projeto pode unir tantos estilos e artistas diferentes, e mesmo assim, manter uma linguagem e estilo em união”.Abaixo, você confere um pouco de seu processo criativo:

PROJETO 54 – 13ª EDIÇÃO

A El Cabriton tem como ideal um mundo com mais arte. A 13ª edição do Projeto 54 tem tiragem única, limitada e além disso, foi impressa pela COPAG, maior fabricante de baralhos do Brasil. GARANTA O SEU!

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s